Verena Bogéa é a nova contratada do BHG e assume gerência Operacional do Golden Tulip SP Paulista




Verena começou na hotelaria como colaboradora voluntária
(foto: divulgação)

Hoje (14) Verena Bogéa atendeu o telefone respondendo pela gerência Operacional do Golden Tulip São Paulo Paulista. Profissional de uma carreira na qual mudanças são parte da função, a hoteleira acaba de chegar ao BHG (Brazil Hospitality Group) depois de longa - mas não monótona - passagem pela Atlantica Hotels. Em sua nova casa, ela passou pelo período de adaptação, na sede do Rio de Janeiro, conhecendo os meandros da companhia onde está agora. "Foi um período de ambientação. Ideal para conhecer os formatos de gestão e os valores da empresa", explica, exaltando as novidades vividas.

No caminho até a cadeira de gerente, os passos de Verena não foram os usuais, sobretudo no início. Em sua primeira tentativa, quando ainda frequentava a universidade, a então estudante foi desenganada. "Me disseram que eu não tinha perfil para a hotelaria. Que eu era calma demais para uma função que exigia dinamismo". 

A resposta, no entanto, não aplacou as intenções da carioca que, dias depois, voluntariou-se em outro meio de hospedagem em troca da expeiência que ainda não tinha. "Num hotel perto de casa, me apresentei para prestar serviço voluntário e conversei com a gerente", lembra. O serviço sem pagamentos não foi aceito mas a alternativa caiu melhor. Na oportunidade oferecida pelo Quality Curitiba a estagiária passou por todas as áreas operacionais do empreendimento até ser efetivada entre atendimentos a eventos e na recepção.

A partir desse momento foram 12 anos de Atlantica Hotels e algumas gerências gerais, a última delas no Quality Jardins, em São Paulo. Nesse meio tempo a executiva graduou-se em Turismo com ênfase em Hotelaria e cursou um MBA na área de Administração. Também foi reconhecida como a gerente geral do ano em hotéis midscale, por seu desempenho em 2015, pelo Prêmio VIHP- Very Important Hotel Professional.

De sua trajetória Verena traz a certeza de que qualquer resultado só é possível por meio do engajamento da equipe. "O hotel depende muito do trabalho de todos os setores. Por isso é importante valorizar todas as áreas", pontua.

No novo desafio a gerente coordena um time de 105 colaboradores, com departamento de Alimentos e Bebidas próprio e a missão de tirar do papel um programa de reformas que deve chegar a todos os apartamentos. "É bárbaro viver tudo isso".

Serviço
www.goldentulipsaopaulopaulista.com